Depoimento

 

 

As sinalizações na estrada que nos levam a ser um devedor compulsivo

 

  1. O uso frequente da palavra “emprestar” para coisas como cigarros, lápis, etc.
  2. Tomar emprestado pequenas quantidades de dinheiro de amigos.
  3. Associar o uso do cartão de crédito a ser um “adulto”.
  4. Uma sensação diferente quando se está comprando a prazo ao invés de pagar à vista - uma sensação de pertencer ao “clube” – a sensação de ser aceito.
  5. Uma sensação desenfreada de “missão cumprida” ao cumprir uma obrigação financeira corriqueira.
  6. Apreensão desenfreada ao pedir um empréstimo.
  7. Inibição e constrangimento injustificados no que deveria ser uma conversa normal sobre dinheiro.
  8. Despreocupação quanto às coisas que não precisam ser pagas neste mês.
  9. Dificuldade fora do comum de lembrar e relacionar obrigações específicas a fundos disponíveis.
  10. Expectativas irreais que haverá fundos disponíveis no futuro para cumprir obrigações assumidas no presente.
  11. Sensação desenfreada de euforia quando se adquire um cartão de crédito.
  12. Uma sensação de que “alguém” vai cuidar de você se for necessário, para que você não entre realmente em problemas financeiros sérios que sempre há alguém com quem você pode contar.
  13. A sensação latente, às vezes subconsciente, de que você precisa de alguém para ajudá-lo a sair de seu problema financeiro.